terça-feira, 25 de outubro de 2016

O computador está desligando sozinho? Entenda por quê

Felipe Alencar

por 
Para o TechTudo


Se você usa o computador por horas a fio, seja para entretenimento ou para trabalho, já deve ter passado pela seguinte situação: na hora de salvar um arquivo importante ou passar de uma fase difícil em um jogo, o PC desligou sozinho, sem motivo aparente. Isso acontece por diversas razões e, sem uma análise detalhada, não é possível identificá-los.
Neste artigo iremos listar os principais motivos que ocasionam o desligamento repentino do PC. Ao entender por que isso acontece, você poderá agir de modo mais apropriado para evitar esse desapontamento.
Veja no vídeo abaixo as possíveis causas desse problema:

Superaquecimento
O superaquecimento das peças é o motivo mais recorrente de desligamento repentino. Muitos componentes do PC, como o processador, placa de vídeo e placa-mãe; executam milhões de cálculos por segundo. Isso faz com que os chips aqueçam muito rapidamente e atinjam temperaturas elevadas.
Superaquecimento pode causar desligamento do computador (Foto: Reprodução/Genious PC)Superaquecimento pode causar desligamento do computador (Foto: Reprodução/Genious PC)
Como forma de prevenir que o componente acabe queimando, todos eles possuem mecanismos de proteção. Assim, ao atingir uma determinada temperatura, eles desligam automaticamente, a fim de resfriarem e durarem mais tempo.
Portanto, vale checar se o sistema de refrigeração de seu PC está em dia. Veja se há muita poeira acumulada nos coolers e ventoinhas, troque a pasta térmica do processador e veja se o gabinete está em um local onde o ar pode circular livremente. No caso de notebooks, é bom não usá-los em cima de camas ou travesseiros, pois os mesmos podem obstruir as saídas de ar.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
Fonte de alimentação defeituosa ou ineficiente
Ás vezes pode ser necessário trocar a fonte (Foto: Felipe Alencar/TechTudo)Ás vezes pode ser necessário trocar a fonte (Foto: Felipe Alencar/TechTudo)
Se você trocou algum componente do computador recentemente por um mais potente, pode ser que a sua fonte de alimentação não esteja conseguindo suprir a demanda. Quanto mais poderoso for o componente, mais energia ele consome, Assim, a sua fonte de alimentação deverá ter uma potência adequada.
Caso ela não esteja fornecendo energia suficiente para todas as peças, isso acarretará no mau funcionamento e no eventual desligamento da máquina. Para checar se isso está acontecendo, é bom utilizar uma calculadora de potência, como o programa eXtreme Power Supply Calculator. Nele você insere todas as configurações de sua máquina e calcula qual a potência necessária que sua fonte deve ter.
Além disso, é importante notar se a ventoinha da fonte está funcionando normalmente ou se está obstruída com muita poeira. Se você sentir um leve cheiro de queimado, é bom considerar a troca do componente por um mais novo e com mais potência.
Bateria do notebook
A bateria do notebook é um dos itens que estragam mais rapidamente. Em pouco tempo ela fica viciada ou descarregando rapidamente. Se você costuma usar o notebook ligado apenas na bateria e ela estiver com defeito, pode ser que o notebook fique sem energia cedo ou tarde.
Memória RAM
Memória RAM (Foto: Divulgação)Memória RAM (Foto: Divulgação/Elixir)
A memória RAM é um tipo de memória fundamental para qualquer computador. Sem ela, a máquina nem sequer liga, já que todos os dados que o computador precisa para funcionar ficam armazenados temporariamente nela.
Os principais problemas com memória RAM ocorrem devido a oxidação. Se faz muito tempo que você não limpa a sua placa-mãe e você vive numa região mais úmida ou fria, pode ser que os contatos do slot tenham oxidado. Isso prejudica a passagem da corrente elétrica e, consequentemente, o bom funcionamento da memória. A solução pra isso é limpar os componentes com álcool isopropílico ou uma solução de limpa contatos.
Além disso, certifique-se de que as memórias estejam bem encaixadas em seus slots. Se não for o caso, elas também não funcionarão corretamente. Mas, se os módulos estão bem encaixados e não há sujeira para causar oxidação, vale fazer alguns testes na memória para identificar outros problemas.
Checando a memória RAM
Checando a memória RAM no Windows 10 (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)Checando a memória RAM no Windows 10 (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)
Windows 10 possui uma forma fácil de verificar se a memória RAM de seu PC tem algum defeito ou não. Para isso, vá ao Painel de Controle e digite na caixa de pesquisa por “memória”. Daí, nas opções que aparecerem, clique em “Diagnosticar problemas de memória do computador”. Por fim, escolha se você deseja verificar agora ou verificar na próxima reinicialização.
Disco rígido (HD) 
Embora o disco rígido apareça com menos frequência na lista de culpados pelos desligamentos repentinos, ele também tem a sua parcela de contribuição. Diferente do SSD, que não possui partes móveis, os HDs possuem um braço mecânico e um conjunto de pratos magnéticos, responsáveis pela gravação dos dados.
Com o passar do tempo e o uso, alguns setores do HD começam a apresentar defeitos. Se algum arquivo do Windows crucial para seu funcionamento for atingido, o computador pode desligar sozinho e, pior, nem sequer conseguir iniciar novamente o sistema operacional.
Assim, é válido usar a ferramenta nativa para fazer um escaneamento no HD e se certificar de que ele não está com nenhum problema.
Checando o disco rígido
Passo 1. Clique com o botão direito do mouse sobre a unidade de disco que você deseja verificar. No menu que for exibido, escolha a opção “Propriedades”;
Cloque em "Propriedades" (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)Cloque em "Propriedades" (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)
Passo 2. Clique na aba “Ferramentas” e depois clique em “Verificar agora” para começar a verificar a unidade escolhida;
Clique em Verificar agora (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)Clique em Verificar agora (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)
Arquivos do sistema danificados
O Windows, com o uso, acumula muito lixo e arquivos desnecessários. Isso pode corromper alguns arquivos ou entradas de registro, causando o mau funcionamento do sistema. Felizmente, o próprio sistema operacional possui ferramentas que permitem fazer uma restauração no sistema e assim voltar a pontos anteriores, onde tudo estava em ordem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário